Gratidão ao tempo... Postagem coletiva #52semanasdegratidão

em 10 de fevereiro de 2017


Quando meus pais se separaram eu tinha apenas 08 anos, fui daquela geração que não era comum os pais se separarem, em geral os filhos não aceitavam, ficavam rebeldes e revoltados. Mas eu não. A vida na minha casa era um inferno de brigas e ameaças. Essa realidade não era tão presente na vida dos meus irmãos que já eram adultos e trabalhavam, mas eu vivia aquilo tudo muito de perto, pois como filha caçula, era eu quem vivia grudada na minha mãe e assim sendo acabava sofrendo junto e ainda os resquícios da ira do meu pai.
Para ser bem sincera eu tinha horror dele, tinha medo e no fim de tudo eu tinha pânico. Esse não é um sentimento que um filho deva ter por um pai,definitivamente.

Foi muito difícil reencontra-lo depois de um ano e eu sentia mal toda vez que ele ia em casa, minha mãe era muito bem resolvida e nunca impediu que ele visitasse os filhos. Minha mágoa só crescia a cada vez que ele citava os filhos do novo casamento. Porque eu nunca tive o pai que eu desejava, nem aquele que levava na escola, nem aquele que sentiria ciumes de mim e cuidaria... Nem comprava meus materiais escolares, esse papel ficou para meu irmão e minha irmã. Falar disso é doloroso demais ainda nos dias de hoje, porque tem feridas que nunca saram... Explicam muito da nossa historia de vida, mas não deixa de doer...

Eu me tornei uma pessoa distante, fria, isolada em relação a ele. Só me aproximava quando era inevitável, ou quando a minha mãe interferia. Mas o tempo sábio, em 1999 me fez viajar para Maceió, meu pai nessa época estava na melhor fase de  sua vida, realizando os sonhos que ele nunca pode quando seus filhos eram crianças, enfim ele estava fazendo o que amava, trabalhando como locutor, era amado por aquele povo, fazia a oração das 18 horas e ajudava as pessoas, ele sempre foi muito bom para ajudar as pessoas... Eu fui para visitar meu avô, meu tão amado avô que tinha sofrido derrame cerebral e estava acamado, só que chegando lá, meu tio estava me esperando, pois eu pai tinha adoecido e estava muito mal e não estavam conseguindo interna-lo. Foram os piores 10 dias da minha vida. Ficar diante dele doente, ver sua vulnerabilidade, logo ele o homem vaidoso e cheio de vida que eu conhecia... Ter que lidar com duas outras mulheres que não era minha mãe, filhos que eu não aceitava, mas eram meus irmãos e ver ele me pedir para cuidar deles... era responsabilidade demais para meus ombros de apenas 23 anos...

Foi no meio desse caos todo que num estúdio de radio eu encontrei um painel imenso com uma foto minha... Deus sabia que eu precisava daquilo, eu precisava daqueles dias de intimidade com ele para refazer um elo que havia sido destruído e por fim descobrir sozinha que da forma dele, ele me amava, podia ser egoísta mas ver que só tinha minha foto ali foi importantíssimo para mim. Eu adoraria ter descoberto isso e ter tempo para viver isso com ele, mas Deus quis que fosse assim. E com Deus eu não discuto.

Voltei para São Paulo 33 dias depois, completamente transformada em relação aos meus sentimentos ao meu pai. Meu avô viveu mais 05 anos, meu velho Vital. Meus irmãos estão bem e hoje já são adultos e estão todos bem e eu consegui que todos recebessem sua parte na pensão do pai. Estou de olho neles, as vezes eu perco um de vista, mas logo acho. Não sou a pessoa mais facil do mundo, mas tento fazer o que ele me pediu da melhor forma que posso.

Só posso ser grata ao tempo e a Deus que fez as coisas acontecerem dessa forma, não sei se de outra eu cederia. Grata por recuperar uma relação e me permitir liberar perdão e me fazer aceitar pessoas na minha vida. Grata por ter uma visão diferente da vida. Grata por entender que relacionamentos nem sempre dão certos e que todos nós erramos, mas sempre podemos voltar atrás e fazer diferente. Grata por entender que quando alguém erra com a gente nós não precisamos fazer igual, mas sim fazer melhor... Grata ao tempo que tudo transforma.




23 comentários

  1. Que bom que o tempo nos faz ver e compreender melhor as coisas da vida e aceita-las! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Que bom que Deus te mostrou a tempo que as coisas não precisam ser tão dolorosas.
    Que o tempo, ele trata de nos mostrar que existem outros caminhos.
    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vezes nem sempre é fácil, mas Deus faz tudo no tempo e jeito certo né Adriana, obrigada pelas palavras, bjos

      Excluir
  3. O perdão é como um balsamo. Limpa, recupera e nos dá forças para viver uma nova vida. Tudo de bom para vcs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Anabela. E que nome lindo heim? Bjos

      Excluir
  4. Déia
    Bendito tempo que tudo cura ou ameniza, porque os beneficiados somos nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Sônia, graças a Deus por isso! Bjos amora.

      Excluir
  5. Olá Déia, perdão e gratidão são essenciais para nossa vida. E o tempo, bom esse é que dá o tempero, pode até demorar mas ele nos traz as respostas. Muita Paz e Bem pra você. bjs. Nice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Nice, viver é observar a vida se revelando diante de nós! Paz e bem para vc tb, bjos

      Excluir
  6. Querida Deia. O tempo de Deus... ah o tempo de Deus... Nele estão contidas as mais sábias atitudes, os mais ternos sentimentos e as maiores belezas da alma. E quando o as batidas do nosso coração entra em compasso com este tempo divino é que vivenciamos todas as mais lindas bençãos. Que abençoados sejam seus dias e a gratidão perdure em seu coração. Receba meu abraço. Até breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Maria, ELE definitivamente sabe de tudo e é bom.Amem, amem. Obrigada sempre! bjo

      Excluir
  7. O tempo é remédio sem contra indicação e sábio professor. Muita maturidade expressa nas suas palavras de gratidão.
    Bjs do fundo do Oceano Particular

    ResponderExcluir
  8. Que bom que Deus te deu a oportunidade de ver seu pai com outros olhos. Boa semana! Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Me emocionei com sua postagem.
    Encontrar somente sua foto no painel, parece coisa de livro ou filme, mas era a resposta que vc precisava.
    Estou diante de um post que não fala só de gratidão, mas principalmente, de perdão.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Déia, que bom que você teve essa oportunidade de se reaproximar do seu pai, de entendê-lo e não ter essa vazio na sua vida. Uma história de gratidão, mas acima de tudo de perdão.

    Também estou na BC: De volta pro meu aconchego
    beijos
    Chris

    ResponderExcluir
  11. Que historia linda de vida. O Senhor do Tempo sempre nos mostra o melhor caminho. Adorei conhecer um pouquinho mais do seu blog. Eu também estou nessa BC:http://tripbaby.com.br/agradecer-52semanasdegratidao/

    ResponderExcluir
  12. Diretamente do painel da Elaine para conhecer o seu cantinho!! O perdão é a coisa mais difícil de se fazer, não é mesmo? Que bom que você pôde encontrar o caminho de volta. Assim, o seu coração segue em paz.

    beijossssss

    ResponderExcluir
  13. Boa Tarde, querida Deia!
    Cheguei atrasada pois estou no ES e fiquei prisioneira da greve como todo povo daqui...
    Tão bom ver sua gratidão tão real! É assim que Deus nos oportuniza a reconciliação...
    muito linda sua menagem de consciência de que precisamos todos fazer um esforço pra reatar com todos os que não podmos dispensar por questão lógica.. não é fácil mas Deus nos ajuda...
    Bjm muito fraterno e grato

    ResponderExcluir
  14. Que bom que teve tempo de se acertar com seu pai. Perdoar deixa nossa alma mais leve. Ainda mais um pai que é pessoa tão importante em nossa vidas. Bjos

    ResponderExcluir
  15. Oi, Día, que lindo relato. Que consciência tranquila você deve ter hoje em relação a isso e que felicidade seu pai deve sentir ao te ver lá de cima, cuidando dos irmãos! Deixe essa luz desses sentimentos bons iluminarem sua vida e seu caminho sempre!
    Beijo
    www.acasadaritablog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. O tempo, a vida sempre nos ensinando e para quem, como você, deixa o coração aberto, o aprendizado traz alegrias!
    Beijo Ana Paula

    ResponderExcluir
  17. Nada como o tempo para colocar tudo no lugar e nos curar.
    Bjs e abençoada semana, minha linda.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário, é muito importante para nós!