Boicote

em 25 de novembro de 2016


Quantas vezes nós boicotamos nossos sonhos, desejos, enfim nossa vida!

Nós boicotamos aquele até nosso regime, quando escondemos do diário alimentar aquilo que comemos e não anotamos... Mas isso é o menor de nossos delitos.

Quantas vezes nós fazemos boicotes gigantescos que nos levam por caminhos totalmente diferentes daqueles que “sonhamos” para nossa vida, mas que por medo ou covardia a gente se esconde, se fecha e por fim boicota aquele destino dos sonhos...

Vida de comercial de margarina é mesmo difícil, mas a gente pode tentar chegar o mais próximo possível não é? Caindo aqui e ali acredito que nosso objetivo é ter uma vida o mais próximo daquela “perfeição” que a gente idealizou... Mas tem coisas que nos paralisam... Se a gente olhar para traz, certamente encontraremos esse “fator paralisante”.

-Tá Deia e agora?
-Agora é com você!
-Assim Deia? 
-Sim, assim mesmo.

Eu tô aqui chorando alfinetes sem saber o que eu vou fazer com um boicote imenso que eu fiz na minha vida, sem achar um jeito de consertar esse tsunami.

Sim, porque vejam bem, não há terapia que dê jeito em algumas coisas que você deixou passar e não tem mais com voltar atrás. Ah, mas nunca é tarde... 

Pera aí amiga, essa frase cabe em quase tudo, mas, tem coisas que são irreversíveis. É por isso que eu estou escrevendo e mais uma vez escancarando uma pagina da minha vida. Você leu a nossa matéria da quarta-feira a respeito de maternidade na maturidade? Pois então. Esse é um caso do "não há jeito". Algumas coisas não há fada madrinha que dê jeito e olha vou te contar “fadas não existem”!

Então se você que está lendo e aquele sininho tocou e você está enxergando em si algum sinal de boicote, se você percebe que por medo está deixando o tempo passar... Mexa-se!

Olha é assim que funciona, a gente vive dando desculpa para começar algo... “Ah, ano que vem eu começo a estudar.” Ou... “Depois que eu fizer aquela cirurgia eu vou levar a sério meu relacionamento e pensar em ter minha família”. Outro sinal descarado é colocar o interesse dos outros acima dos seus, parece bonito né? Parece coisa de gente “espiritualmente elevada”, não é mesmo?

Vem cá minha amiga, você está se escondendo atrás da fraqueza do outro porque? Está com medo de ser feliz ou de dar de cara com a infelicidade? Decepção passa. Infelicidade passa. Desculpa a sinceridade, mas é que desse assunto eu entendo um pouco.

Vai acabar amarrando o outro a você por gratidão ou por dó? Vai ser infeliz e oh, vai acabar sozinho, sonhando com tudo que podia ter e não tem.

Então vai a luta, abraça a vida e vai sem medo. Nós já nascemos com todos os ¨nãos¨ da vida, resta-nos lutar pelos “sins”. E quem não luta sem medo, não vive e eu sei do que estou falando e disso e não tenho 01 gota de orgulho.

Então hoje, eu quero dizer, pare de se boicotar e lute, porque a vida é uma vela, soprou...

E, quando você encontrar Deus como é que você vai olhar pra ele, não tendo feito nada de bom com tudo que ele te deu?

Vai na fé!

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, é muito importante para nós!