Admiração

em 21 de novembro de 2016

 Hey, faz um tempo que eu alimento esse sentimento, "saudade", sinceramente eu queria que fosse mais fácil esquecer, mas, não é!

Assim como com as pessoas, sentimentos não morrem fácil... Quando você admira uma pessoa, você simplesmente não aperta um botão e a esquece, porque a admiração  é o alimento do amor...

Quando a admiração acaba, acaba quase tudo. Quem de nós não perde um tanto de amor, quando descobre que seus pais não são as pessoas mais perfeitas do mundo?

Até se tornar adulto e saber -se também não ser...

A inocência que ainda nos resta faz-nos imaginar um ou outros "ser superior" assim "perfeitos". Mas, a maturidade joga na nossa cara a realidade ninguém é.

Com o tempo, aprendemos que podemos viver com isso é há uma certa graça e até beleza nisso e também muito de irritação.
É por isso que ouvimos nossos pais e avós dizer "o tempo é o senhor da razão", olha, da razão não sei, mas dá decepção, com certeza.

A vida é uma coisinha que nos traz frustração, decepção e dores... O que nos difere é a forma de lidar com tudo isso, muitos sequer pensam, outros jogam debaixo do tapete, outros amargam esses desabores, mas, de um todo não é nada gostoso.

O importante é saber que não somos os únicos seres privilegiados a ter essas passagens na vida. Todo que vive as tem, o que muda é a disposição de lidar. Tropeçando aqui e ali, uma hora a gente caí, outra levanta, arranhado ou com marcas que serão eternas para nos lembrar de ter mais cuidado, só uma coisa é fato incontestável, enquanto há vida, há também dores e decepções e alguns poucos momentos de felicidade, isso é a vida...

As vezes mãe, mas muitas vezes uma madrasta muito maldosa e com ela aprendemos todo dia.

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, é muito importante para nós!