Nobody's Baby But Mine (Chicago Stars - 3) - Susan Elizabeth Phillips

em 2 de setembro de 2016


** Este livro tem uma versão em Português com o título de "Meu Bebê e de Ninguém Mais"**

Levei um tempo para terminar este livro. Sim, eu gostei, mas tive alguns problemas com as ações do protagonistas e isso fez com que o meu interesse pelo livro diminuísse um pouco. Mas antes de começar, deixe-me dizer que esta foi o primeiro livro que li da Susan Elizabeth Phillips (SEP) - sim um pecado já que essa série é um sucesso e tem mais de 20 anos de lançada - e eu realmente gostei da seu estilo de escrita e pretendo ler mais dela no futuro.

Temos aqui Jane Darlington, uma fisicista bem sucedida que quer ter um bebê, mas como ela não estava em um relacionamento no momento, ela precisava de alguém para ajudá-la a concebê-lo, claro. Mas esse alguém tinha que ter algumas características específicas para ser o escolhido. Além de ser saudável e outras coisas mais, ele precisava ser burro. Sim, você leu direito, BURRO. Jane é um gênio e, enquanto crescia, seu pai não sabia como lidar com ela. Ele era frio e distante e isso realmente lhe marcou, ela também não sabia como se relacionar com as outras crianças na escola, porque eles achavam que ela era uma aberração. E obviamente, ela não quer que o seu filho sofra o mesmo que ela sofreu na infância, então ela precisava de uma pessoa burra para equilibrar seu genes super-inteligentes.

Nosso herói, Cal Bonner, é o super quarterback do time Chicago Stars. Ele está no final de sua carreira, mas se recusa a reconhecer isso. Ele também namora apenas mulheres jovens porque de alguma forma a juventude delas o ajuda a se sentir mais jovem também, embora ele jamais admita isso.

Jane o viu na TV e achou que ele era super burro e caipira por causa da maneira como falava, e através de um conhecido mútuo, ela conseguiu se tornar seu presente de aniversário. É o plano perfeito, ela dorme com ele, fica grávida e tudo está bem no mundo!

Claro, as coisas não funcionam dessa maneira. Ela engravida, mas, Cal descobre e exige que eles se casem. Ele ficou muito, mas muito puto com ela no inicio, e com razão, mas, pouco a pouco eles foram se conhecendo e seus sentimentos e concepções um sobre o outro começaram a mudar.

Esses dois me encheram o raio da paciência! Como é que alguém tão brilhante como a Jane inventaria uma ideia tão ridícula?! Ela é uma cientista, ela deveria saber melhor o que pensar, "que só porque ela é inteligente o seu filho não nasceria assim também". Eu entendo totalmente que ela quer proteger seu filho da dor que sofreu quando criança, mas isso tudo já é demais! Ela não é seu o pai e não trataria seu filho do mesmo jeito. Cal sofre da "síndrome de Peter Pan". O cara se recusa a entender que está ficando velho e não será capaz de jogar futebol para sempre e por causa disso ele trata todos em torno dele mal. Eu já estava cansada de toda aquela gritaria, pois Cal e Jane brigam o tempo todo, por tudo, mas, no final, eu já entendia que aquelas brigas era um tipo de preliminares para eles. Pra entrar no clima, sabe?!

Você deve estar pensando como eu gostei do livro, se as ações dos protagonistas me incomodaram tanto? Bem, como eu disse SEP escreve muito bem e ela fez a história engraçada e interessante o suficiente para que eu continuasse lendo. A família de Cal tem um grande e bom impacto na história, e eles se tornam a família de Jane também. Isso foi muito bom, como ele não tinha mais ninguém vivo de sua própria família. Tem também uma história secundária com os pais de Cal, eu adorei a parte deles.

No geral, foi uma boa leitura, boa o suficiente para me fazer querer mais de SEP.

Nota: 3,5 - 4,0 estrelas

Nobody's Baby But Mine - Susan Elizabeth Philips
Série: Chicago Stars #3
Romance Esportivo/Contemporâneo
Lançamento: 1º de Fevereiro de 1997



2 comentários

  1. Gisa, parece divertido, esse quero ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É divertido sim Deia. O mocinho e a mocinha são meio doidos, então tem umas tiradas hilárias. ;)

      Excluir

Deixe aqui seu comentário, é muito importante para nós!