A Bollywood Affair - Sonali

em 1 de novembro de 2014




Sempre que eu leio um livro que eu gosto muito, eu tenho muitos problemas em expressar todos os sentimentos que aquela leitura me fez sentir. E A Bollywood Affair é tão bom e me fez sentir tanto, que eu não sei se essa resenha vai fazer justiça ao livro. É só que eu tinha que compartilhar com vocês a delicia que esse livro é!

Mais uma vez, eu tenho que agradecer às minhas amigas blogueiras do twitter que desde o inicio do mês passado começaram a falar – e muito – desse livro. É primeiro lançamento da Sonali Dev e ela nos trás um cenário bem diferente, pois o livro fala da cultura indiana, em que a família tem muito valor e poder sobre a vida das pessoas e em que também pessoas se casam por meio de acordos entre essas famílias. Algumas – como as dos personagens do livro – se casam ainda bem crianças, com 4 ou 5 anos de idade. Tudo isso é bem interessante e logo chamou a atenção de todo mundo, e eu claro, fiquei contando os dias para que o livro fosse lançado e eu pudesse ler.

Aqui temos a história de Mili e Samir. Mili se casou com o irmão de Samir, Virat, quando ela tinha somente 4 anos de idade (Virat tinha 12 anos) e desde então começou a se preparar para ser a melhor esposa que ela poderia ser – na Índia, quando as pessoas se casam crianças, a menina só vai para casa do marido depois que ela tem a sua primeira menstruação – e ela fez exatamente isso. Mais de 20 anos se passaram e ela continuou a esperar com todo o seu coração por esse marido. Ela se formou, trabalha em obras sociais, segue as leis da sua avó – que cuidou dela desde sempre e que ela ama de paixão – e da comunidade, tudo para ser digna dele, mas ele nunca veio. Disso que eu falei já dá pra perceber o quanto a Mili tem dentro de si esse sentimento de honrar o casamento, o voto que ela fez a um homem há muito tempo atrás, que ela nunca conheceu, mas que mesmo assim é real pra ela. E por seguir todas as tradições, dá pra ver que ela vivia em um mundo diferenciado, protegido e isso a faz ser meio ingênua também, mas isso não a diminui! E nesse intuito de ser a melhor pessoa que ela pode ser, ela consegue uma bolsa para estudar 8 meses dos Estados Unidos e é lá que se passa a maior parte da história.

Do outro lado nós temos Samir e sua família. Ele é um super diretor de Bollywood (já ouviste falar dos super filmes de lá? A produção é tão grande quanto a dos filmes de Hollywood) e tem uma fama de bad boy/playboy, mas lá dentro do coração dele, tem um menino que é faminto por amor e cuidado. Ele teve uma infância muito difícil. Seu pai, um indiano que era casado e tinha família na Índia, foi aos EUA para estudar e lá conheceu uma mulher e teve um caso com ela, Samir é fruto dessa relação. O pai dele morreu e como a mãe não tinha condições de cuidar dele, o levou de volta para Índia. O pobre já tinha vários traumas, mas lá encontrou a mulher seu pai, Lata, e o seu meio-irmão, Virat, e eles o abraçaram com um amor que ele nunca tinha experimentado. Gente, é tão lindo, tão forte esse amor! Samir, sendo branco e bastardo, foi muito descriminado pelas pessoas na Índia, em especial pelo avô, que aproveitava qualquer motivo para lhe dar punições terríveis. E Lata, movida pelo amor que ela gerou por esse novo filho, fugiu com os meninos para outra cidade da Índia. E logo depois pediu a anulação do casamento de Virat e Mili, mas esse avô maldoso não anulou nada. E o problema é que ninguém sabia disso..

Anos se passaram, Virat se apaixonou, casou-se e a sua mulher está grávida. Ele descobre que ainda é casado porque Mili lhe envia uma carta, e depois de sofrer um acidente que quase lhe tira a vida, ele pede ao irmão Samir, que vá aos EUA e peça a ela a anulação do casamento, pois se algo acontecer com ele, a sua mulher e filho ficarão destituídos. E porque o amor entre esses irmãos é gigante, Samir vai e lá se encontra com Mili, e descobre que ela é não é nada do que ele pensava que ela fosse. Quando eles se conhecem, Mili sofre um acidente, e Samir acaba tendo que cuidar dela, e é assim que aos poucos eles vão se conhecendo e se apaixonando.

Agora imaginem aí, os conflitos. Mili se sente casada e no seu coração ama esse marido que nunca viu. Samir tem que ajudar esse irmão e cunhada que ele ama tanto conseguindo que Mili assine o divórcio, mas Mili não sabe que ele é o irmão de Virat, e Samir não sabe como dizer isso pra ela – as situações ajudam para ele não consiga dizer pra ela. Esses dois tem tanta lealdade e amor pelos seus entes queridos... E Mili já sofreu e sofre tanto por não ter esse marido, ela se sente rejeitada, sem recursos. Eu passei metade do livro com lágrimas nos olhos por Mili, e o resto dele por Samir.

Como é que eles vão resolver essa confusão? Eu só digo pra vocês que quando Mili descobriu a verdade, foi como se alguém tivesse enfiado uma faca no meu coração também, tanta dor! Mas não se preocupem, o livro é super romântico, e Samir se redime brilhantemente pelo que ele fez, afinal das contas ele AMA Mili. Tem algumas pessoas que acharam que o final foi muito doce e redondinho, mas eu achei perfeito. Essa história tem muito mais nuances e acontecimentos, que não contarei para não estragar a emoção que você vai sentir lendo o livro. É uma viagem à cultura indiana que é tão rica e intrigante. Mili e Samir são por si só apaixonantes, e quando eles se juntam não tem como você não se apaixonar por tudo que eles são também. Quando eu acabei de ler The Bollywood Affair, eu fiquei olhando para a última página do livro por um bom tempo, só pra eu poder ficar com eles por um pouquinho mais de tempo... E ele vai ficar marcado no meu coração por um bom tempo ainda.

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, é muito importante para nós!