Take me On (Ross Siblings 4) - Cherrie Lynn

em 28 de setembro de 2014



Eu me diverti lendo este livro. Bem emotivo e muito sexy, mas no final ele meio que ficou aquém em comparação com a primeira parte da história.

O que eu gostei:

- Ian. Ele é sexy, lindo, maduro e tem um coração enorme! Ele teve uma infância conturbada e agora ele está tentando construir uma nova vida para si mesmo. Eu adorei que quando as coisas ficaram complicadas com Gabby ele encarou tudo como um homem e mesmo estando com medo, ele ficou ao lado dela e viu o "problema" como uma oportunidade de escrever um novo capítulo de sua vida.

- A química entre o H/h. Super sexy! Você pode sentir desde a primeira noite deles juntos que não era apenas sexo e quanto mais tempo eles passavam juntos, mais você sentia a conexão deles aumentar.

- Os personagens secundários. Os irmãos de Gabby e as duas cunhadas foram incríveis e eu estou muito tentada a ler o livro de Brian!

- A voz da autora. Muito, muito boa. Ela sabe como escrever um mocinho tipo bad boy/macho alfa, sem fazê-los falar como meninas e todos os estereótipos alguns autores insistem em colocar nos seus heróis.

A primeira metade da história teve sólidas 4 estrelas. Boa trama, boa conexão entre o H/h, boa angústia e drama, mas eu tive um problema na segunda metade do livro...

O que eu não gostei:

- Gabriella Ross. Serinho, ela é o problema do livro. Como é que uma mulher de 36 anos é sustentada e controlada por seus pais? Querida, você tem idade suficiente para decidir por si mesmo com quem você quer ficar, pelo amor de deus! Ela foi tão imatura, sem controle nenhum sobre seus sentimentos.. Não, querida, não! Em nenhum momento eu a imaginei como uma mulher adulta. No final, sua confusão e comportamento infantil fizeram com que história ficasse meio bobinha.

Mas ainda assim é uma boa pedida.

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, é muito importante para nós!