Oração de amor e saudade!.

em 23 de novembro de 2010



Deus, hoje eu quero pedir para que o senhor coloque paz no meu coração...
Que o senhor leve as coisas más, e deixe somente o que for bom...
Leve de mim as recordações que me atormentam durante todo o dia, toda a saudade que me faz sofrer, que me tira o sono e que fazem as lágrimas caírem insensantemente até que eu adormeça...

Na verdade senhor eu queria mesmo, que o senhor me desse de volta os meus sonhos, a minha vontade de viver, a minha esperança!
Não me deixe assim, vivendo por viver e nessa escuridão!
Eu não posso acreditar que o senhor me daria tudo que me deu só de longe, sem me dar a chance de vivenciar tudo de verdade, sem me permitir ter a certeza que eu tive por alguns dias, que eu era feliz!
Devolve pra mim? 
Devolve paizinho?

Eu nunca escolhi nada, nunca!
Desde o dia em que nasci, eu nunca escolhi, o corpo, a pele, os olhos, o cabelo, eu sempre vivi com o que o senhor generosamente me deu... 
Hoje eu não posso pagar por não ser um modelo que a minha sociedade a qual eu tb não escolhi, não aceita!

Eu não escolhi amar, nem ser feliz, lendo palavras...

Mas, a verdade é que eu não sei viver sem ouvir aquelas palavras,
eu não sei mais não ser menina...

Nesse momento meu coração dói só de pensar, que a noite se aproxima e mais uma vez eu ficarei sozinha, na minha cama, na frente do PC e com muitas amigas, sorrindo por fora e amargurada por dentro...

Pior ainda, quando eu vê-lo, abatido e triste, disfarçando o mesmo sorriso vazio... dói, dói tanto Deus! Chego a pensar que não posso suportar....

Mais eu faço uma troca, sim eu aceito...
Troco toda minha felicidade pela dele!
Sim, sim... Faça-o feliz, e eu abro mão das noites nas asas do anjo!
Faça nascer ali um sorriso verdadeiramente feliz, e eu esqueço os meus momentos de sintonia, de amor, de felicidade!

Se o Senhor o fizer feliz, um menino, meu menino... livre, feliz, eu sentirei falta não nego, mas de longe se alguma lágrima fugir, eu disfarço! Porque Senhor, tudo que mais quero é vê-lo em paz! Não só em palavras, mas, em verdade!
Nunca mais me deixe ver aquela carência, aquele olhar, aquele amor contido, e eu não o peço pra mim!
Faça ele feliz, livre, familia, completo...

Mas, se não for pedir muito, faça-me esquecer... tudo! Para que eu não corra o risco de mais uma vez, dizer que o amo!
Faz isso por mim paizinho?
Cuida do meu menino? 
Cuida desse menino cabeça dura, teimoso, lindo, meu lindo, doce, sensível, amável, e turrão que eu amo...

Eu por fim agradeço, por tudo que aprendi e não foi pouco...
Agradeço até pelos momentos que sinto saudade, porque em algum momento a felicidade morou em mim...
Peço perdão, se nesses momentos eu possa ter me esquecido do mundo, de tudo o mais!
Peço perdão se não fui completa, se não fui filha cuidadosa...

Que eu não perca a paixão e compaixão,
a forma maluca de ser, a amiga de todas as horas...
me acrescenta paciência e me ensina a ser mais amável,
obrigada por liberar perdão, já que hoje aprendi que posso perdoar o imperdoável pra mim!

Faz-me forte pra segurar o que o senhor decidir pra minha vida.

So mais um pedido? 

Posso?

Que eu posa viver a vida inteira lembrando que um dia aqueles olhos e aquelas palavras de luz, de amor, foram só minhas! 

Que eu jamais, em nenhum minuto da minha vida esqueça, porque lembrar da intensidade de tudo me fará feliz pra sempre! 

Mas se possível for, mas assim só se for mesmo possível, que possamos lembrar juntos, 


agradecer juntos, 


orar juntos! 


Pra sempre!

Amem!

(Déia Neves)

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, é muito importante para nós!